VILA VELHA SUBMERSA

vilavelha-baixa

Vila Velha. Paraná. Brasil. Janeiro de 2017.

Partindo de Curitiba na direção de Ponta Grossa, chego em Vila Velha buscando ver as impressionantes formações rochosas, mas me surpreendo ao imaginar tais formações debaixo d´água. Era assim há 340 milhões de anos.

O mar interior que existia aqui começou a baixar, expondo o material arenoso que acabou cimentado com óxido de ferro, razão da cor avermelhada que vemos hoje. Nos milênios seguintes o terreno gradativamente se elevou e foi sofrendo erosão pela ação dos ventos e da chuva, desgastando as rochas e esculpindo formas curiosas.

Caminhando pela antiga vila antigamente submersa, vejo as nuvens do céu anunciando chuva. O vento continua soprando de leve por entre as rochas que ele mesmo desenhou, e continua desenhando. Sento em frente à famosa Taça, talvez o mais elegante dos arenitos, e começo a desenhar, em silêncio, em sinal de reverência.

A.C.M.

FACEBOOK:

facebook.com/calimanviajando

Anúncios