ANÍBAL E OS PIRENEUS

pireneus-cor-peq

Ariège Pyrénées, França. Setembro de 2015.

É o fim do verão na Europa. Aqui nas montanhas o vento frio já anuncia a mudança. Olhando lá pra cima, onde as nuvens escondem o topo dos Pireneus, vejo o branco da neve eterna em algumas encostas. Do outro lado fica a Espanha. Parece impossível ir daqui até lá a pé.

Porém, em torno de 200 a.C., o general cartaginês Aníbal Barca cruzou estes mesmos Perineus durante a segunda guerra púnica entre Roma e Cartago, afim de dominar as regiões do império e chegar até a capital Roma. As montanhas que chegam a 3.000 metros de altura foram transpostas por Aníbal e seu exército, seus cavalos e elefantes, numa empreitada admirável.

Mas esse foi apenas o início da aventura. Após atravessarem os Pireneus e lutarem contra os gauleses aqui na França, os cartagineses atravessaram os gélidos Alpes e chegaram ao norte da península Itálica. Ali derrotaram os romanos em grandes batalhas campais como a do lago Trasimeno e a de Canas, que ainda se estuda em academias militares hoje em dia.

Apesar de seu brilhante movimento, Aníbal não chegou a capturar Roma. Mas talvez até as íngremes montanhas e exuberantes vales dos Pireneus lembrem de ver pequenos homenzinhos fazendo grande coisas.

A.C.M.

https://www.facebook.com/calimanviajando

anibal

Anúncios